> Sigo Sim Blog: Franz Ferdinand no Brasil

Franz Ferdinand no Brasil

Oi pessoal!

Hoje estou inspirada...e o post será enorme (já aviso).
Acordei ouvindo as músicas que adoro =)

Nesta última terça (30/09), a banda Franz Ferdinand (formada em Glasglow, Escócia, em 2001), se apresentou aqui em São Paulo / Brasil. O retorno da banda escocesa veio com a turnê do álbum “Right Words Right Thoughts Right Action”, álbum lançado em agosto de 2013.
Pra quem não conhece, a banda escocesa Franz Ferdinand é composta por Alex Kapranos (vocais-guitarra), Bob Hardy (baixo), Nick McCarthy (guitarra) e Paul Thompson (bateria).
E hoje, 02 de outubro, é a vez dos colegas cariocas assistirem a apresentação da banda no Vivo Rio, encerrando sua turnê no Brasil, com transmissão ao vivo pelo Multishow, a partir das 23h15, tanto pelo canal (42/542), como pelo site.

Já é a sétima vez (em oito anos) que a banda vem ao nosso país.

Pra minha surpresa (nem tanto assim, vai), aqui em São Paulo, o Espaço das Américas (ou EDA, para os mais chegados) não atingiu a sua capacidade máxima. Muita gente preferiu ficar em casa, talvez porque a banda sempre apareça por aqui, ou, o mais óbvio...o money...o valor dos ingressos estavam salgadinhos...e ainda teremos outros festivais por aqui, que valem a atenção...alguns monstros do rock a caminho (como o Foo Fighters...aiai) e festivais como Popload e Lollapalooza, mas posso dizer, com TODAS as letras...

Sinto muito, mas vocês perderam um p* show!

A abertura dos portões iniciou às 20h, e o show foi programado para começar as 21h.

A abertura do show se deu com a banda revelação de Goiânia, Boogarins, que trouxe um rock psicodélico ao palco. Fui informada que esta banda voltou recentemente ao Brasil depois de uma turnê por Estados Unidos e Europa. Sua música foi agradável aos ouvidos, embora o público, em sua maioria (incluindo euzinha), não conhecesse seu trabalho.

Pouco após as 22h,veio a turma da 89 FM anunciando a atração principal...

FRANZ FERDINAND!

Foram 21 canções ao todo (18 + o bis – veja o setlist). Cantaram as músicas mais recentes, as monstras e até as menos conhecidas.
setlist do show
A escolhida para abrir o show foi “Right Action”, seguida de “No You Girls”, que levantou pacas a galera.

E, mesmo assim, público tranquilo.

Consegui transitar com a minha irmã tranquilamente e curtir as músicas ora de um lado, ora de outro do palco (até perto da mesa dos DJs, acreditam? #adoro).

Ponto alto da noite? 

Muito show e pouca conversa, porque é assim que eu gosto.

O vocalista / líder da banda /  “tudodebom.com” Alex Kapranos sabe como agitar a plateia...ora pedindo palmas, ora fazendo a turma balançar os braços no ar de um lado para outro...sua voz é linda...acredito até que poderia explorá-la mais.

Simpatia, interatividade e sincronia permearam a apresentação.

Outros detalhes foram um show a parte: a iluminação do , os telões laterais reproduzindo o show em preto e branco (adoro), o fundo do palco alinhado com o repertório, as caixas de som personalizadas com as palavras “Thought”, “Words” e “Action”...aiai #perfeito
Mas...mesmo assim...um público pequeno, se comparado aos shows anteriores aqui nas terras tupiniquins. 
Foto: Fabio Nunes
Pelo visto, Alex e seu grupo não se incomodaram com o tamanho do público, bem menor que o do ano passado. Alex disse que “estavam muito felizes por estar ali”, e as palavras “Obrigado” e “Obrigado São Paulo” foram uma constante na apresentação.

A energia do grupo contagiava a plateia, que recebeu “Right Action”, “Evil Eye” e “Love Illumination” com fervor. As músicas “No you girls”, “Do You Want To”, “Take me Out” (esta, dedicada à banda de abertura Boogarins). fizeram as pessoas (inclusive eu) cantarem em uníssono/coro e saírem do chão #pernaspraquetequero

A percussão em “Outsiders” aconteceu novamente e “Walk Away”, que é do seu segundo álbum, também me fez sorrir (peraí...quando é que fico triste ouvindo essa banda? Never hahaha).
“Jacqueline”, “Goodbye Lovers and Friends” e “This Fire” (em versão estendida...oba!) foram as músicas do famoso bis, que encerrou o show com um gostinho de quero mais e embalou a galera pra casa.

Ponto baixo?

Os comes e bebes superfaturados. Pra vocês sentirem o drama: minha irmã comprou um lanche a R$13,00 que não dava nem o tamanho da minha mão, e a minha cerveja custou a “bagatela” #sqn de R$10,00 e...pasmem! Nem estava gelada #chorei

Trechos do show (clique nos nomes para assistir aos vídeos):

- por Rodolfo Yuzo;
- por Le Castel;
- por Alexandre Matias...

ou assista alguns aqui =)
E, para o post acabar... imagens por...
- Edi Fortini (clique aqui pra ver todas) 
- Reduto do Rock (clique aqui)

Bjs,
Patrícia Fernandes









Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

POSTE SEU COMENTÁRIO AQUI.
Envie sua sugestão para posts (e críticas) para o nosso e-mail: mundodapattyoficial@hotmail.com

featured Slider

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...